domingo, 16 de outubro de 2011

Carta de John Piper a Um Adolescente Incompleto, Inseguro

Carta de John Piper a Um Adolescente Incompleto, Inseguro
Carta para um Adolescente Incompleto, Inseguro

John Piper


Há quatro anos um adolescente em nossa igreja me escreveu pedindo conselhos gerais sobre a vida e sobre identidade em particular. Aqui está o que lhe respondi com uma grande dose de autobiografia para ilustração.

Adolescente











Querido ________,

Minha experiência de sair de uma vida adolescente introvertida, insegura, culpada, lasciva, egocêntrica foi mais como o surgimento de uma rã a partir de um girino do que de uma borboleta a partir de uma larva.


Larvas desaparecem em seus casulos e reservadamente experimentam alguma transformação inexplicável sem que ninguém veja (provavelmente é bastante sujo e confuso lá dentro) e então o casulo se desfaz e todo mundo diz oooh, aahh, que lindo. Não foi assim que aconteceu comigo.
Rãs nascem ultra-minúsculas, com jeito de peixe, cheias de lodo, vivendo na água parada. Elas não são uma atração do Sea World1. Elas até poderiam estar na piscina de algum hotel elegante se o lugar estivesse abandonado por uns 20 anos e só houvesse um pé de água verde no fundo.
Mas pouco a pouco, porque elas são rãs santas por meio da predestinação e do DNA espiritual (novo nascimento), elas nadam por toda a água verde e começam a se parecer cada vez mais com rãs.
Primeiro pequenos pés surgem nas laterais. Estranho. Nesse momento ninguém as convida para darem um testemunho em um evento dos Atletas de Cristo.
Então um par extra de pernas. Então um tipo de corcova nas costas. Os peixes na lagoa já se retiram: "Hmmm", eles dizem, "isso não parece mais ser um de nós". Uma rã em desenvolvimento não se encaixa em lugar algum.
Mas Deus é bom. Ele tem o Seu plano e não é o de tornar esta metamorfose fácil. Com certeza. Há mil lições para serem aprendidas no processo. Nada é em vão. A vida não está em suspenso aguardando o grande despertar. Isso é o que as larvas fazem no casulo. Mas rãs estão em público o tempo todo em meio à tolice da mudança.
Eu creio que a chave para mim foi encontrar ajuda no Apóstolo Paulo, em C. S. Lewis e no meu pai. Todos eles pareciam inacreditavelmente saudáveis, precisamente porque estavam maravilhados com absolutamente tudo exceto eles mesmos.
Eles me mostraram que a saúde mental mais elevada não está em gostar de mim mesmo, mas em estar alegremente interessado em tudo exceto eu mesmo. Eles eram o tipo de pessoas que estavam tão maravilhadas que as pessoas tinham narizes - não narizes estranhos, só narizes - que caminhar em qualquer rua movimentada era como um passeio no jardim zoológico. Oh, sim, eles mesmos tinham narizes, mas eles não podiam enxergar os seus próprios. E por que eles iriam querer ver? Veja todos estes narizes; eles são grátis para olhar! Incrível!
A capacidade destes homens para maravilharem-se era enorme. Fiquei estupefato e orei para que eu deixasse de desperdiçar tanto tempo e energia emocional pensando em mim. Eca, eu pensei. O que eu estou fazendo? Por que eu deveria me preocupar com o que as pessoas pensam de mim. Eu sou amado pelo Deus Todo-Poderoso e ele está fazendo uma autêntica rã saltadora de mim.
O texto mais importante na minha "rãnzisse" emergente tornou-se 2 Coríntios 3:18.

"E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito."

Este foi um dos maiores segredos que descobri: Contemplar é tornar-se.

Introspecção deve dar lugar ao assombro diante da glória. Quando isso ocorre, tornar-se acontece. Se existe alguma chave para a maturidade é essa. Contemple seu Deus em Jesus Cristo. Então você fará o progresso de girino para rã. Essa foi uma grande descoberta.
É claro que (assim eu pensava) eu nunca conseguiria falar em frente a um grupo, já que fico sempre tão nervoso. E eu nunca poderia me casar, porque eu tenho espinhas demais. As meninas de Wheaton2 me deixam completamente apavorado. Mas Deus me tem em suas mãos (Filipenses 3:12), e ele tem um plano, e o Seu plano é bom e há um mundo lá fora, visto e não visto, para ser conhecido e para me deixar maravilhado. Por que eu arruinaria a minha vida pensando tanto em mim?
Graças a Deus por Paulo e Lewis e meu pai! Tudo agora é tão óbvio. Meu eu é simplesmente muito pequeno para satisfazer os explosivos anseios do meu coração. Eu queria provar e ver algo grande, maravilhoso, belo e eterno.
Começou com ver a natureza e terminou com ver a Deus. Começou com literatura e terminou com Romanos e Salmos. Começou com passeios pelos campos, bosques e lagoas e terminou em passeios pelos altos planos da teologia. Não que a natureza, a literatura, os campos, os bosques e as lagoas tenham desaparecido, mas eles tornaram-se mais obviamente imitações e sinalizadores.
Os céus proclamam a glória de Deus. Quando você muda dos céus para a glória de Deus, os céus não deixam de ser gloriosos. Mas eles são "des-divinizados" quando você descobre o que eles estão dizendo. Eles estão apontando. "...do nascente ao poente despertas canções de alegria." (Salmo 65:8 - NVI).
Sobre o que estão cantando o amanhecer e pôr-do-sol com tanta felicidade? O seu Criador! Eles estão nos chamando a unirmo-nos a eles. Mas se eu estiver resmungando por causa da espinha no meu nariz, não vou nem mesmo olhar para fora da janela.
Assim meu conselho é: seja paciente com o modo que Deus planejou para tornar-te uma feliz rã saltadora. Não se contente em ser apenas um girino ou uma estranha meia-rã. Mas também não se deixe surpreender pela estranheza e lentidão do processo.
Como eu me tornei um pastor? Como eu me casei? Só Deus sabe. Incrível. Assim também o surgimento de quem você será aos 34 será incrível. Apenas mantenha o curso e olhe. Olhe, olhe. Há tanto para ver. A Bíblia é inesgotável. Olhe principalmente lá. O outro livro de Deus, o não autoritativo - a natureza - também é inesgotável. Olhe. Olhe. Olhe. Contemplando a glória de Deus nós estamos sendo transformados.
Eu amo você e acredito que Deus tem grandes coisas "ranárias" para você. Não se preocupe por ser só uma rã saltadora parecida com Cristo. Sua alegria vem do que você vê.

"Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é." (1 Jo 3:2)

Há uma outra metamorfose esperando. A coisa vai melhorando cada vez mais. Deus é infinito. Por isso sempre haverá mais da glória dEle para uma mente finita ver. Não haverá nenhum tédio na eternidade.
Afetuosamente,
Pastor John
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário